2014

14—17 AGOSTO

14

AGOSTO

JOANA GAMA Auditório


VIRA CASACA MPAGDP


 ANA CLÁUDIA MPAGDP


N.A.C.O. Eira


CICLO PREPARATÓRIO MPAGDP


PEIXE Giacometti


JOANA GAMA Auditório


AZÁFAMA: CACHUPA PSICADÉLICA + CAPITÃO CAPITÃO + VITORINO VOADOR Eira


JP SIMÕES Giacometti


NOITE PRÉMIOS MEGAFONE: CHARANGA + OMIRI + NÓ D\’ALMA Lopes Graça


OS CAPITÃES DA AREIA MPAGDP


GALANDUM GALUNDAINA Lopes Graça


AZÁFAMA: HOMBRES CON HAMBRE + O MARTIM + TV RURAL Eira


DJ MEGAFONE: RICARDO ALEXANDRE + LUÍS VARATOJO Aguardela


15

AGOSTO

B\’RBICACHO MPAGDP


SIMÃO COSTA Auditório


REPORTÓRIO OSÓRIO MPAGDP


MARKO I BLACKY ORKESTAR Tarde ao Sol


ANARCHICKS Eira


LAVOISIER MPAGDP


NOBODY\’S BIZNESS Lopes Graça


SIMÃO COSTA Auditório


LONG WAY TO ALASKA CANCELADO


GISELA JOÃO Eira


BRASS WIRES ORCHESTRA Lopes Graça


SAMUEL ÚRIA Giacometti


CAPICUA Eira


GAITEIROS DE LISBOA Lopes Graça


MOULLINEX Aguardela


16

AGOSTO

MARA MPAGDP


TIAGO SOUSA Auditório


ORBLUA MPAGDP


TOCÁ RUFAR Tarde ao Sol


TORTO Eira


MILA DORES MPAGDP


NORBERTO LOBO + JOÃO LOBO Giacometti


TIAGO SOUSA Auditório


GUTA NAKI Lopes Graça


OSSO VAIDOSO Eira


NOISERV Giacometti


RICARDO RIBEIRO Lopes Graça


LOS WAVES Eira


ADUF Lopes Graça


BLACKSEA NÃO MAYA DJS + DJ MABOKU + DJ MARFOX Aguardela


13 AGOSTO — HOLY NOTHING BONS RAPAZES Campismo

ACTIVIDADES

BS14-CURTAS-XS
CURTAS EM FLAGRANTE

Durante a tarde, o Festival apresenta sessões de curtas-metragens programadas pela Curtas em Flagrante. Já na 6ª edição, esta mostra itinerante de curtas-metragens portuguesas, em 2014, alarga a sua programação a todos os países de língua oficial portuguesa, apresentando as melhores criações deste ano, do universo lusófono.

Curtas em Flagrante é uma mostra itinerante de curtas-metragens portuguesas, que este ano, na sua sexta edição, se alarga a todos os países de língua oficial portuguesa.

Os Meninos do Rio


Alda


É consideravelmente admirável da tua parte que ainda penses em mim como se ainda aqui estivesse


Trotistas de Sant’Ana


Chico Malha


Severo


O Homem que Remava o Barco


Casa LataTomou café e esperou


O Mal e a Aldeia


Espelho


Fronteira


M is for Macho


Do outro lado da Rua


Prescrição


O meu avô


A Pequena Vendedora de Fósforos


A Luz da Terra Antiga


Balança

BS14-OCURRAL-XS
O CURRAL

Em colaboração com a associação AEPGA (Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino), serão dinamizadas várias actividades, em torno dos burros de Miranda, promovendo a interacção e a proximidade do público com estes animais.

Todos os dias, serão promovidas duas actividades: Aula do Burro, uma actividade formativa sobre as características e a importância do Burro de Miranda; Passeios do Burro, onde guias especializados descrevem a fauna e a flora rural de Cem Soldos. Esta iniciativa tem como objectivo sensibilizar sobre a importância da preservação da biodiversidade e das raças autóctones e promover uma exploração calma e qualitativa de Cem Soldos e da sua envolvente.

BS14-PALCOACUSTICO-XS
PALCO ACÚSTICO

Mediante inscrição diária, qualquer pessoa ou agrupamento pode mostrar o seu talento. O Festival disponibiliza gratuitamente o palco, as condições técnicas e a possibilidade de tocar para um número considerável de pessoas. Este palco é uma oportunidade única para projectos originais se estrearem, testarem a receptividade do público e de agentes mas, sobretudo, para celebrar a música, num ambiente festivo e descontraído.

BS14-ARTESVISUAIS-XS
ARTES VISUAIS

Desde a primeira edição que o Festival BONS SONS tem aberto a sua oferta programática às artes visuais, enriquecendo o alinhamento sonoro com outros bálsamos artísticos. Em todas as edições foram convidados diferentes criadores para exporem os seus trabalhos no domínio das artes plásticas, do design gráfico e de produto ou da arquitectura.

O Centro de Exposições “Armazém”, antigo armazém de secagem de cereais da Família Mendes Godinho, é o local privilegiado para acolher as obras que exigem frescura e silêncio para a partilha inteira da experiência artística.

Na edição de 2014 do Festival BONS SONS mantém-se a tradição de inovar propondo aos visitantes do Festival criações nas áreas da fotografia, da ilustração, da performance e da instalação.

Tinta Fresca
Joana Batista e João Caridade
Fachada de edifício

Bandas Sonoras
Fotografias de Rita Carmo
Armazém de Exposições

Doravante 12*
António Pedro Lopes e Pedro Antunes
Percursos da Aldeia

Casinha de Prazer*
Ricardo Barbeito
Nas ruas da Aldeia

Pintura Fotográfica*
Catarina Vieira Pereira
Armazém de Exposições

*Walk & Talk

BS14-MUSICACRIANCAS-XS
MÚSICA PARA CRIANÇAS

As manhãs do Festival são dedicadas aos mais novos e às suas famílias com programação específica, no Auditório de Cem Soldos. Estas sessões estarão a cargo da Associação Canto Firme e pretendem proporcionar experiências lúdicas, de partilha familiar e de sensibilização em torno da música.

Música para Bebés
Um programa destinado a crianças dos 0 aos 5 anos e respectivos pais.

(Des)Concertos dos Resíduos
Alargado também aos mais velhos, os “(Des)Concertos dos Resíduos” mostram que a música pode nascer dos objectos mais improváveis.

BS14-PREMIOSMEGAFONE-XS
NOITE PRÉMIOS MEGAFONE

Numa parceria inédita com a Associação Megafone 5, o Festival BONS SONS recebe a 2ª edição dos Prémios Megafone. Distinguindo os músicos ou entidades que contribuem para o presente e projecção futura das tradições musicais portuguesas, os prémios estão marcados para 14 de Agosto. Esta noite conta com a actuação do teatro de rua Artelier, dos três nomeados ao Prémio Megafone Música e ainda com a banda vencedora em 2010 – Galandum Galundaina.

O encerramento ficará a cargo dos DJ Megafone (Luís Varatojo+Ricardo Alexandre), no Palco Aguardela. Megafone 5 é o nome de um projecto sem fins lucrativos que tem como objectivo celebrar, homenagear e difundir o trabalho e as ideias de João Aguardela. À Associação Megafone 5 interessa dar estímulo e visibilidade a quem se dedica à tradição musical portuguesa e o trabalho do colectivo passa, entre outras coisas, pela organização anual dos Prémios Megafone.

BS14-IDENTIDADES-XS
IDENTIDADES

O projecto “Identidades” é uma rede informal de músicos que tem como principal objectivo dar visibilidade à música folk e de identidade portuguesa, integrando as ramificações e contaminações possíveis da nossa herança cultural.

O Identidades é apoiado pela Direcção Geral das Artes e aposta em duas ferramentas de comunicação nucleares para dar a conhecer a música de identidade em Portugal: o portal “Identidades” (em parceria com a PédeXumbo) e a revista “Identidades”. O portal é a plataforma que pretende centralizar tudo o que se faz neste âmbito: eventos e programação, associações, projectos culturais, escolas de música, grupos musicais, discografia, recursos pedagógicos, arquivos, partituras e muito mais.

A revista, tem um editorial cuidado que oferece ao leitor artigos sobre tradições, práticas educativas, iniciativas culturais e projectos associativos em torno da música popular, fomentando também um maior conhecimento do público com esclarecimento de dúvidas e divulgação de partituras e letras que compõem o cancioneiro português.

BS14-QUEMMANDA-XS
QUEM MANDA AQUI SOU EU!

‘Quem manda aqui sou eu!’ é um documentário de 52 minutos realizado por Tiago Pereira. Trata-se do primeiro episódio de uma série, sobre música popular local, que toma o mesmo nome do seu programa de rádio na Antena 1 – ‘O povo que ainda canta’.

Este primeiro episódio mostra, por um lado, a música popular algarvia através dos tocadores de acordeão, dos mandos, dos travalínguas, das linquitinas, dos bailes e, por outro lado, um pouco das práticas musicais da região Algarvia acompanhando grupos organizados, dos Ranchos ao folk, do hip-hop à música experimental como são exemplos OrBlua, Descaroçados, Reflect e Marenostrum.

Esta compilação de registos e recolhas de todo o país promete agitar e celebrar ainda mais A Música Portuguesa A Gostar Dela Própria.

BONSSONS-2014-CARTAZ
— PARTILHA —