2015.MAR.17 — Bons Sons: Novas Confirmações e Concurso Internacional de Ideias ver email online
Oco, Benjamin, Salto e Eduardo Raon são as mais recentes confirmações do Festival de Música Portuguesa que se realiza de 13 a 16 de Agosto, na Aldeia de Cem Soldos, em Tomar.

Estes nomes juntam-se aos já confirmados Tó Trips, Retimbrar, Nice Weather for Ducks e Trêsporcento, começando a dar forma ao mais eclético cartaz deste verão.

O Bons Sons que, antes de tudo, é uma plataforma de divulgação da música nacional foi crescendo, ao longo de cinco edições realizadas, tanto em número de artistas em cartaz, como de visitantes.

Ao iniciar o novo ciclo, no qual passa a realizar-se anualmente, reforça-se a preocupação com a recepção do público, procurando manter a vivência especial da Aldeia, mas buscando sempre melhorar a experiência que se proporciona.

Desta forma, nasce o Concurso Internacional de Ideias, lançado pela plataforma IdeasForward, em parceria com o Bons Sons, para a criação de um espaço de acolhimento na zona do Palco Eira.

Dirigido a arquitectos e designers, este concurso decorre de 17 de Março a 8 de Maio e pretende envolver a comunidade criativa portuguesa e internacional na procura da melhor solução para aquele espaço, integrado numa aldeia e num festival tão particular.

A Eira comunitária de Cem Soldos está inserida num terreno amplo e dá nome a um dos oito palcos do Festival. Com um perfil mais independente, o Palco Eira procura mostrar novos talentos e, ao contrário dos restantes, não está inserido nas praças ou ruas da Aldeia.

O concurso surge da necessidade de criar, na zona do Palco Eira, um espaço de descanso e relaxamento que sirva de acolhimento ao público, mas também de ponto de encontro e convívio, antes, durante e depois dos concertos.

Pretende-se, também, com este concurso que os participantes se inspirem no carácter simbólico e celebratório da Eira e reinterpretem o espaço público, introduzindo novos usos, a espaços outrora centrais na vida das comunidades.

+info: www.if-ideasforward.com





OCO

Atmosferas psicadélicas envolvem sons orgânicos. Os OCO têm criado sonoridades experimentais, ritualistas e intemporais dos quatro cantos do mundo. Em 2014 comemoraram 10 anos de existência numa expedição sonora que une o ancestral e o moderno, o Ocidente e o Oriente.



 

BENJAMIM

Depois de 4 anos em Londres, voltou para o Alentejo e perdeu o Walter que lhe precedia o nome. Escreve agora em português e canta o seu passado: memórias das colónias onde esteve o pai, filmes de super 8, aceleradelas na marginal, o Porto da mãe e histórias à mesa. Benjamim é um pós-modernista e a sua identidade está espalhada por todo o lado.





SALTO

Guilherme Tomé Ribeiro e Luís Montenegro, juntos desde 2006, precisavam de um nome orelhudo para a sua sonoridade electrizante. Foi Salto que deram. “Deixar Cair” marcou a pop moderna nacional e na juventude do segundo álbum preparam-se para dar outro… vocês sabem.
 

EDUARDO RAON

É também de electrónica que a sua harpa é feita. Eduardo utiliza a harpa, o daxophone, computador e vídeo para uma performance sobre ações impulsivas, gestos involuntários, actuações irrefletidas, atitudes imponderadas e ruídos pouco conscientes. Radicado em Liubliana está habituado a não ter os dois pés num mesmo chão.
PASSES 4 DIAS
Os Passes a preço reduzido estão limitados ao número de unidades disponibilizadas para cada fase. Esgotado o número de unidades da fase em curso passam a vigorar os valores da fase seguinte.

MARÇO/ABRIL
25€
  MAIO/JUNHO
30€
  JULHO/AGOSTO
35€

À venda nos locais habituais:
Ticketline, CTT, FNAC, Worten, El Corte Inglés, C.C. Dolce Vita, Casino Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Agência Abreu, ABEP, MMM Ticket, C.C. Mundicenter, CCB, Shopping Cidade do Porto, U-Tickectline.
Em Tomar: Amor Lusitano - Portuguese House
Em Cem Soldos: Sede do SCOCS




DESCARREGAR IMAGENS   + INFORMAÇÕES   SOBRE O BONS SONS
Contactos
comunicacao.bonssons@gmail.com
Ana Abrantes
Imprensa nacional

Madalena Tomaz Gonçalves
Imprensa regional
Cem Soldos, 1ª metade do séc.XX. Registo fotográfico de Nuno Mourão.