João Afonso

10.AGO.2018 | PALCO AMÁLIA

Autor e intérprete, João Afonso teve um primeiro momento de visibilidade quando, juntamente com José Mário Branco e Amélia Muge, apresentou o projeto “Maio Maduro Maio”, com versões de canções de Zeca Afonso, o seu tio. A solo estreou-se em disco com “Missangas” (1997), seguindo-se “Barco Voador” (1999), “Zanzibar” (2002), “Outra Vida” (2006), “Um Redondo Vocábulo” (2009) e “Sangue Bom” (2014), este último com música da sua autoria para poemas inéditos de Mia Couto e José Eduardo Agualusa. Em 2018, para além da participação no Festival da Canção, prepara um novo disco a partir da obra de José Afonso.

site
2018-joaoafonso

©

— PARTILHA —